domingo, 10 de outubro de 2010

O segundo turno e a igreja



O vídeo de acima de Dráuzio Varella é eminentemente atual. Após o final do primeiro turno das eleições, que acabou há poucos dias, um acontecimento vem sendo cada vez mais evidente nos debates públicos, ainda que na surdina, os bastidores dos Partidos de FHC e Lula debatem: Como lidar com questões que batem de frente com a Igreja?
José Serra acusa Dilma de violentar contra a vida e de proclamar o aborto, no entanto, este tem a mesma postura de Dilma, logo, ambos têm a mesma posição: a legalização do aborto. Mas a questão não é tão simples. José Serra tem ciência de sua postura, angariar votos, afinal de contas, em um país como o Brasil, qual político ousaria tocar em assuntos tão delicados nestes tristes trópicos? Esta questão ficou nítida para Dilma. Após diversas críticas sobre tais questões, Dilma recuou, e seu discurso soa semelhante ao de José Serra: ambos querem lutar pelos valores cristãos e estar ao lado da família. É inevitável compará-los aos Democratas Cristãos!
Todo este debate só esclarece a questão: a igreja ainda é um divisor de águas no processo político do Brasil. Com este atraso intelectual que faz lembrar o período feudal, as regras do jogo ainda são jogadas pela igreja, e os políticos que não querem perder seus votos, simplesmente dizem: amém!
Estamos muito longe de ter um Estado Laico...

5 comentários:

Greta disse...

Oi, Marco!!!
Nossa, faz tempo que não apareço,
fiquei sem internet um tempão.
Saudade dos seus escritos.

Greta disse...

Que video, hein?!
muito bom...
de onde desenterrou?
muito pertinente!

Marco Rodriguéz disse...

Olá Greta!
Que bela presença por aqui!
Este vídeo encontrei por acaso na net. Fiquei um tempão pensando sobre a campanha de Dilma e de Serra, ambos tem a mesma posição, eles não querem perder votos e ficam nesse discurso social-cristão que me fez lembrar o Eymael.
O ruim disso é que estamos longe de um Estado verdadeiramente Laico.
É uma pena, estamos num atraso intelectual e cultural que vai ser difícil atingir um nível tal como a Holanda...
Pobre de nossa educação...

dilita disse...

Olá Marco!
Estivemos de férias,e regrecei um tanto doente,sem vontade de escrever no m/blogue.Mas venho "cuscando" nos habituais...
Tenho visto e lido as noticias sobre a situação (eleições) no Brasil,há efervescência... é natural!
Pior aqui no meu Portugal,não sei para onde caminharão nossos filhos e netos...
Abraço;fôrça com sua escrita!
Dília Maria

dilita disse...

Erro de palmatória este de (regrecei),seria algum sôno?
Hoje "regressei" para o corrigir...